Fluoroquinolonas


Diferem das quinolonas originais (ácido nalidíxico) devido à adição de um átomo de flúor em sua estrtura química;

As gerações posteriores incluem como alguns de seus representantes: norfloxacino, ciprofloxacino, ofloxacino, levofloxacino e moxifloxacino;

Possuem ação bactericida e atuam por meio da inibição das topoisomerases II (DNA-girase) e IV;

As principais indicações clínicas são contra infecções dos tratos geniturinário, gastrintestinal e respiratório, partes moles e osteomielites;

Alguns efeitos colaterais relacionados são: náusea, dor abdominal, disúria, nefrite, taquicardia, hipotensão, rash cutâneo e alterações hepáticas;

Podem potencializar o efeito anticoagulante da varfarina, interferir na eficácia dos hipoglicemiantes orais e ser excretadas pelo leite materno.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares