Digestão Humana


A digestão humana é extracelular, envolvendo tanto processos mecânicos quanto químicos, descritos a seguir de maneira resumida.

Processos mecânicos: Abrangem a mastigação, deglutição e movimentos peristálticos. Enquanto ocorre a mastigação, o alimento é devidamente fragmentado, facilitando a ação enzimática. Após a deglutição, iniciam-se os movimentos peristálticos, os quais ocorrem no esôfago, estômago e intestino. O peristaltismo faz com que o alimento tenha fluxo unidirecional no tubo digestório.

Processos químicos: Estes processos ocorrem com a participação de enzimas digestórias, dentre as quais podemos citar: amilase, protease, lipase, nuclease e maltase.

Nem todas as substâncias ingeridas sofrem digestão para serem absorvidas, como é o caso, por exemplo, da água, vitaminas e sais minerais. Tais substâncias apresentam-se em moléculas suficientemente pequenas para absorção sem a necessidade de sua quebra.

No tubo digestório há participação da saliva (constituída de água, sais e enzimas, como a ptialina), suco gástrico (constituído por enzimas e ácido clorídrico - HCl), suco pancreático (rico em enzimas - tripsina, lipases e nucleases - com pH em torno de 9,0) e suco entérico (liberado por estimulação da secretina e composto de enzimas - peptidases, maltases, lactases e sucrases).




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares