Macrolídeos e Alergia à Penicilina


Os antimicrobianos do grupo dos macrolídeos são utilizados como alternativa para tratar determinadas condições nos pacientes que são alérgicos à penicilina. Vejamos alguns casos:

- Infecções do trato respiratório por estreptococos do grupo A;

- Pneumonia por S. pneumoniae;

- Prevenção de endocardite após procedimento odontológico;

- Infecções superficiais de pele (Streptococcus pyogenes);

- Profilaxia de febre reumática (faringite estreptocócica);

- Como alternativa para o tratamento da sífilis (raramente);

- São considerados primeira escolha no tratamento de pneumonias por bactérias atípicas (Mycoplasma pneumoniae, Legionella pneumophila, Chlamydia spp.).

Fonte: ANVISA (Antimicrobianos - Bases Teóricas e Uso Clínico)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares