Antidepressivos Tricíclicos (ADTs) - Farmacocinética


Os ADTs são fármacos bem absorvidos pelo trato gastrointestinal e metabolizados em grande parte (55% a 80%) pelo efeito de primeira passagem. O pico de concentração plasmática é atingido mais rapidamente (1 a 3h) por aminas terciárias (como a amitriptilina) do que com aminas secundárias (nortriptilina) que levam de 4 a 8h para atingi-lo. São altamente lipofílicos, concentrando-se principalmente no miocárdio e em tecidos cerebrais, ligados a proteínas plasmáticas e sofrem metabolismo primariamente hepático.

Geralmente apresentam farmacocinética linear, isto é, mudanças na dose levam a alteração proporcional no nível plasmático. A vida média de eliminação varia e o estado de equilíbrio é atingido em cerca de 5 dias. A farmacocinética pode ter variação de gênero e a concentração pode diminuir antes da menstruação.

Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-44461999000500006


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares