Descoberta planta usada contra rugas e manchas


O jucá (Libidibia ferrea), que também recebe o nome de pau-ferro, é uma árvore amazônica de pequeno porte, mas com grande potencial. O pó de sua casca é empregado no preparo de chá pela medicina tradicional da região, para o tratamento de distúrbios hepáticos e gástricos. Em função de propriedades antissépticas, o extrato da casca entrou na composição de marcas de sabonete íntimo.

As propriedades terapêuticas do jucá já eram conhecidas, mas um trabalho pioneiro desenvolvido na Universidade Federal do Amazonas demonstrou princípios antioxidantes contidos nesta espécie vegetal. A investigação mais apurada destas propriedades destacou outros efeitos: antienvelhecimento e antipigmentação.

Segundo uma das autoras do estudo, Silvya Stuchi Maria-Engler, professora da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da USP, o interesse na pesquisa foi despertado pela ausência de informações anteriores a respeito de agentes antienvelhecimento no extrato do jucá. Para Tatiana do Nascimento Pedrosa, primeira autora de artigo que trata do assunto, os resultados apresentados in vitro foram excelentes, com elevado potencial clareador e antienvelhecimento.

Fonte: http://jornal.usp.br/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares