Diazepam e Gravidez


A segurança do diazepam na gravidez não está bem estabelecida, mas alguns estudos sugerem o risco de mal formação congênita durante o primeiro trimestre da gestação com benzodiazepínicos. Recomenda-se que esta classe de fármacos seja evitada, a menos que não seja encontrada uma alternativa mais segura.

Antes da administração de diazepam no período gestacional, especialmente no primeiro trimestre, deve-se avaliar a relação risco x benefício. Caso benzodiazepínicos sejam utilizados de forma contínua durante a gravidez, pode ocorrer hipotensão, redução da função respiratória e hipotermia no recém-nascido.

Cuidados especiais são sugeridos quando diazepam é administrado durante o trabalho de parto, pois uma dose elevada pode produzir irregularidade na frequência cardíaca do feto, assim como hipotonia e depressão respiratória moderada. É preciso lembrar que o sistema enzimático envolvido no metabolismo do fármaco ainda não está desenvolvido no recêm-nascido, especialmente em caso de prematuros.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares