Doenças gastrintestinais e absorção de levotiroxina


A levotiroxina (T4) é absorvida principalmente no jejuno e na parte superior do íleo, de forma que pacientes com doença celíaca, insuficiência pancreática, síndrome do intestino curto, doença intestinal inflamatória e outras, incluindo gastrite crônica e infecção por h. pylori, devem ter a absorção do T4 reduzida, frequentemente evidenciada pelo aumento do TSH enquanto tomam uma dose de T4 que o normalizaria previamente.

Alguns autores propuseram que a dosagem de anticorpos para doença celíaca possa ser útil como rastreamento para a doença em pacientes que necessitam de doses diárias de T4, assim como há relatos de caso com necessidades maiores em pacientes com doença celíaca não tratada.

No entanto, em pacientes críticos não existe qualquer recomendação em relação às doses de reposição, principalmente pela dificuldade em relação aos parâmetros laboratoriais considerados para adequação das doses.

Fonte: scielo.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares