O Efeito Placebo


Placebo é o nome atribuído a tratamentos médicos que parecem reais, mas que não possuem propriedades químicas de modo a produzir efeito farmacológico nos pacientes. De modo simples, pode-se dizer que o placebo é um falso tratamento.

O objetivo de um placebo é fazer com que o paciente acredite que de fato está recebendo o tratamento médico, sem que isso ocorra. Pode ser um comprimido de farinha, uma injeção à base de água, uma pomada sem qualquer componente terapêutico, etc.

A curiosidade que envolve o placebo consiste no resultado que eles produzem em alguns indivíduos, mesmo sendo desprovido de ação farmacológica. Em alguns casos, podem melhorar o humor, aliviar dores, tremores, ansiedade ou mesmo aumentar a capacidade de concentração. O que torna o placebo ainda mais interessante é o fato de ele também provocar, em determinados pacientes, efeitos colaterais, os quais  receberão o nome de nocebo.

O efeito placebo é, deste modo, totalmente dependente de sugestão. A expectativa do paciente quanto ao tratamento que julga estar recebendo é que poderá produzir efeitos benéficos ou maléficos (nocebo) em seu organismo. Medicamentos reais também carregam um pouco deste conceito, pois indivíduos que acreditam que o tratamento irá funcionar costumam apresentar mais resposta em relação àqueles que não estão seguros quanto à terapia proposta.

Fonte: http://www.mdsaude.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares