Vacina contra H1N1: Falso positivo para HIV


Conforme divulgado pela Anvisa, a imunização contra H1N1 pode ocasionar resultados positivos em testes de HIV. Este resultado pode ocorrer em até 112 dias seguidos à vacinação, mas para a instituição regulamentadora da saúde no país, este fator não é considerado um problema, pois a vacina não oferece risco de transmissão do vírus causador da AIDS.

O resultado ocorre porque a vacina aumenta a produção de IgM (um tipo de imunoglobulina - anticorpo), falseando o teste Elisa. No Brasil este é o teste mais utilizado para diagnóstico de infecção por HIV. A Anvisa afirma não haver necessidade de preocupação devido à necessidade de contraprova, em caso de o Elisa ser positivo, por meio de outro exame, o Western Blot.

Conforme apontado pelo especialista Edecio Cunha Neto, chefe do Laboratório de Imunologia Clínica e Alergia da USP, a reação cruzada não é comum, mas tampouco apresenta gravidade. Caso a quantidade de adjuvantes na vacina seja elevada, a resposta imunológica pode ter maior reatividade, fazendo com que diversos exames sejam apontados como positivos.

Fonte: http://www.jornalciencia.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares