Anticorpos


Também chamados de imunoglobulinas, são moléculas de glicoproteínas com a função de reconhecer, neutralizar e marcar (opsonizar) antígenos, para que eles sejam eliminados (fagocitados) pelos macrófagos. São produzidos pelos linfócitos B e se combinam de modo específico com substâncias estranhas ao organismo (antígenos), inativando-as.

Aproximadamente 20% das proteínas encontradas no plasma sanguíneo são anticorpos, os quais são produzidos na presença de antígenos. Os anticorpos são classificados em cinco tipos. São eles:

Imunoglobulina A (IgA): predominante em secreções como saliva, lágrima, leite, mucosas do trato gastrintestinal, trato respiratório e geniturinário.





Imunoglobulina D (IgD): encontrada no sangue em concentrações baixas e a sua função ainda não está bem definida.

Imunoglobulina E (IgE): presente em baixas concentrações, é encontrada na superfície dos mastócitos, eosinófilos e basófilos, sendo muito importante no combate a parasitas e também às reações alérgicas.

Imunoglobulina G (IgG): produzida em larga escala, assim que ocorre o reconhecimento do antígeno; responsável pela memória específica contra determinado antígeno.

Imunoglobulina M (IgM): encontrada principalmente no meio intravascular, sendo um tipo de anticorpo produzido em grandes quantidades nas fases iniciais das doenças.

Fonte: Bol




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares