Síndrome do Pânico - Indícios Relacionados


Se você desconfiar que passa por quadros de pânico, é importante considerar sintomas relacionados, os quais, entretanto, não serão regra no comportamento do paciente. Um dos sintomas é a agorafobia, que é o medo de estar em espaços abertos ou em meio a uma multidão. No entanto, ao contrário de outras fobias, essa não se refere à multidão em si, mas ao fato de não conseguir sair do seu meio no caso de necessidade.

O transtorno do pânico também pode ser acompanhado de alcoolismo e depressão. O primeiro porque o álcool inibe temporariamente os sintomas de um ataque de pânico, iminente na ausência do álcool. Já a depressão pode ser um agravante, relacionado ao estresse do cotidiano.

Por outro lado, alguns sintomas podem se assemelhar a um ataque de pânico, porém não correspondendo ao distúrbio. Nesses casos estão incluídos os momentos em que você abusa de determinadas substâncias, como álcool, medicamentos ou entorpecentes. Tampouco você está tendo um ataque de pânico no caso de sofrer de hipertireoidismo, distúrbio endócrino que também pode causar sintomas semelhantes.

Outros temores que estão relacionados ao distúrbio envolvem o medo de muitas coisas, que até então eram naturais para você, como sair de casa, dirigir, viajar, bem como ir a lugares com muita gente. Existe uma série de fobias que devem ser bem analisadas, pois não possuem relação alguma com o transtorno do pânico. Entre elas, por exemplo, está a fobia social, quando a pessoa tem medo de ficar exposta a uma situação social temida, tal como falar em público.

Fonte: sindromedopanico.com.br

Inscreva-se no canal!

Adicione o Instagram: interacao_medicamentosa





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares