Omeprazol e Pantoprazol - Estudo Comparativo


Nas fontes terciárias consultadas, é descrito que estudos em animais e in vitro demonstraram que pantoprazol é comparável ou mais potente do que o omeprazol, com menor potencial para interações com fármacos substratos das enzimas do citocromo P450 e melhor estabilidade em meio ácido.

Entretanto, doses de 20mg de omeprazol e de 40mg de pantoprazol são descritas como equipotentes para as indicações em comum. Pantoprazol 40mg e omeprazol 20mg não apresentam diferenças de eficácia no tratamento de refluxo gastroesofágico, úlcera gástrica e de infecção do trato gastrintestinal associada a Helicobacter pylori. A maioria dos estudos relata eficácia equivalente (isto é, a taxa de cicatrização e alívio de sintomas) de omeprazol 20mg/dia e pantoprazol 40mg/dia durante 4 a 8 semanas para o tratamento da esofagite de refluxo.





Outro estudo relatou que doses de pantoprazol de 20 e 40mg e de omeprazol de 20mg mostraram-se não inferiores para tratar o desconforto gastrintestinal induzido por anti-inflamatórios não esteroides. Em consulta ao PUBMED® Clinical Queries utilizando-se os termos “pantoprazole AND omeprazole AND therapeutics NOT drug interaction” foi encontrada meta-análise que compara a potência relativa dos inibidores da bomba de prótons com relação aos seus efeitos no pH intragástrico.

No artigo é descrito que a potência relativa do pantoprazol em relação ao omeprazol é 0,23 (potência do omeprazol igual a 1,0). Os autores do artigo também referem que FDA (Food and Drug Administration), OMS (Organização Mundial de Saúde) e a Associação Canadense de Gastroenterologia consideram doses de 20mg de omeprazol e 40mg de pantoprazol equivalentes.

Leia também: Clonazepam x Omeprazol

É descrito que os inibidores da bomba prótons são metabolizados por enzimas do citocromo P450, especificamente CYP2C19 e CYP3A4. O pantoprazol é também metabolizado pela sulfotransferase citosólica e, por esssa razão, tem menos possibilidades de causar interações com substratos de enzimas do citocromo P450 quando comparado os outros fármacos do mesmo grupo.

Fonte: ufrgs.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares