Antidepressivos Tricíclicos: Síndrome de Abstinência


Em um pequeno grupo de pacientes a interrupção abrupta de antidepressivos tricíclicos (ADTs), principalmente após tratamento prolongado, é acompanhada de uma síndrome de abstinência que ocorre nas primeiras 48 horas após a suspensão do fármaco. Os sintomas podem estar relacionados a um efeito rebote de hiperatividade colinérgica.

Clinicamente a síndrome se caracteriza por sintomas de mal-estar geral, alterações gastrointestinais (náuseas, vômitos, diarréia), ansiedade, irritabilidade, insônia, sonhos vívidos, movimentos parkinsonianos ou acatisia. Podem ocorrer ataques de pânico, arritmias cardíacas, delírio e, menos freqüentemente, agitação.

Recomenda-se a diminuição gradativa da medicação ao longo de algumas semanas. O esquema seguido consiste na retirada imediata de 50 % da dose e de 25 % a cada dois dias do restante.

Fonte: scielo.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares