Naproxeno para Artrite Reumatoide (AR)


O naproxeno, assim como o ibuprofeno, é utilizado no tratamento da artrite reumatoide (AR) com o objetivo de controlar sintomas inflamatórios, principalmente artrite. Em estudos de eficácia no controle da artrite, o naproxeno foi semelhante à indometacina, ácido acetilsalicílico, piroxicam, ibuprofeno e diclofenaco.

O benefício do naproxeno na AR pode ser ainda maior quando associado ao paracetamol. Estudos de posologia identificaram benefício semelhante entre uma e duas doses diárias de naproxeno. Excepcionalmente, três doses diárias podem ser um pouco melhores do que duas. Pelo controle eficaz da artrite em adultos com artrite reumatoide e em crianças com artrite reumatoide juvenil, o naproxeno vem sendo estudado em ensaios clínicos como medicamento padrão.





Meta-análise com 1.732 pacientes com AR ou osteoartrite tratados com diversos anti-inflamatórios não esteroidais por até oito semanas estimou taxa de eficácia do naproxeno em 65% e taxa de efeitos adversos em 29%. Para o ibuprofeno, essas taxas foram, respectivamente, de 77,2% (70,7%- 83,8% e 16,7% (14,7% e 18,8%). O uso de naproxeno é seguro no tratamento da artrite reumatoide. No entanto, úlcera gástrica, insuficiência renal, hepatite e doenças cardiovasculares podem estar associadas ao tratamento, principalmente com doses e tempo de uso maiores.

Em revisão sistemática de diversos anti-inflamatórios não esteroidais utilizados em osteoartrose, artrite reumatoide, dor periarticular, lombalgia e espondilite anquilosante, o naproxeno foi o único que não apresentou risco aumentado de eventos cardiovasculares sérios.

Fonte: http://conitec.gov.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares