Nefrotoxicidade de Cefalosporinas


As cefalosporinas foram implicadas como agentes potencialmente nefrotóxicos, apesar de não serem tão nefrotóxicas quanto os aminoglicosídeos ou polimixinas. Ocorreu necrose tubular renal após a administração de cefaloridina em doses superiores a 4g/dia.

Outras cefalosporinas são muito menos tóxicas e, nas doses recomendadas, raramente produzem toxicidade renal significativa quando utilizadas isoladamente.





A cefalotina em altas doses provocou necrose tubular renal aguda em certos casos, e as doses causaram nefrotoxicidade em pacientes com doença renal pré-existente.


Existem evidências de que a administração concomitante de cefalotina e gentamicina atua de modo sinérgico, causando nefrotoxicidade. Essa complicação é particularmente acentuada em pacientes com mais de 60 anos.

Fonte: Goodman & Gilman




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares