Nova ameaça de saúde pública no Brasil


Depois da epidemia de zika, iniciada em 2015, e do surto de febre amarela, no começo deste ano, o Brasil corre o sério risco de ser afligido por outro vírus de ampla distribuição nas Américas do Sul e Central e no Caribe, que se adaptou ao meio urbano e tem chegado cada vez mais próximo das grandes cidades brasileiras.

É o oropouche - um arbovírus (vírus transmitido por um mosquito, como o zika e o da febre amarela), que causa febre aguda e, eventualmente, meningite e inflamação do encéfalo e das meninges (meningocefalite).





O alerta foi feito por Luiz Tadeu Moraes Figueiredo, professor da Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão Preto durante palestra sobre vírus emergentes na 69ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que está se realizando em Belo Horizonte.

"O oropouche é um vírus que potencialmente pode emergir a qualquer momento e causar um sério problema de saúde pública no Brasil," disse Luiz Tadeu.

Fonte: Diário de Saúde




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares