Pílula anticoncepcional: mitos e verdades


Atualmente, o método contraceptivo tem sido discutido por causa de seus efeitos colaterais. Para ajudar a orientar as consumidoras, a ginecologista do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP) e da Clínica FemCare, Dra. Flávia Fairbanks, esclarece alguns mitos e verdades sobre o medicamento.

1. PÍLULA ANTICONCEPCIONAL ENGORDA?

MITO: o medicamento não engorda, mas pode aumentar a vontade por carboidratos e reter líquido. Existem pílulas com progesteronas específicas que diminuem a retenção.

2. PÍLULA ANTICONCEPCIONAL DÁ CELULITE?

VERDADE: como pode causar retenção de líquido, mulheres com tendência a ter celulite, com má alimentação e sedentárias, potencializam essa tendência.


3. PÍLULA ANTICONCEPCIONAL AUMENTA OS SEIOS?

MITO: a retenção de líquidos pode levar ao inchaço das mamas.




4. PÍLULA ANTICONCEPCIONAL MELHORA A PELE?

VERDADE: os hormônios ajudam a diminuir a oleosidade da pele, acne e grande quantidade de pêlos, por causa do controle dos níveis de androgênios (hormônios masculinos).

5. PÍLULA ANTICONCEPCIONAL DÁ TROMBOSE?

VERDADE: isso depende do anticoncepcional e da genética da mulher. Segundo a Anvisa, medicamentos contendo drospirenona, gestodeno ou desogestrel têm, em um ano, risco de 4 a 6 vezes maior de desenvolver tromboembolismo venoso.


6. PÍLULA ANTICONCEPCIONAL: EXISTE UMA IDADE CERTA PARA O INÍCIO?

MITO: a partir de alguns ciclos após a menarca, já se pode usar a pílula, desde que haja indicação para tal. Os cuidados incluem tomar uma dosagem de hormônio mais baixa, verificar contraindicações e avaliar a real necessidade do contraceptivo e da frequência de relações sexuais.

7. PÍLULA ANTICONCEPCIONAL PODE DEIXAR A MULHER INFÉRTIL?

MITO: a pílula não interfere na fertilidade. A mulher pode engravidar quando parar de usar o anticoncepcional, a menos que já tenha algum problema de fertilidade.

Fonte: Bayer


Um comentário:

  1. Posso tomar o anticoncepcional Cyclofemina amamentando? Fiz algumas buscas, achei a bula (http://cyclofemina.com.br) mas não achei nada relativo a esse assunto. Vocês podem me ajudar?

    ResponderExcluir

Os artigos mais populares