Fumantes soropositivos morrem mais de câncer do que de AIDS


As pessoas infectadas com o vírus HIV que fumam são muito mais propensas a morrer de câncer de pulmão do que pela Aids, disseram pesquisadores em um estudo publicado na revista "Journal of the American Medical Association (JAMA)". Fumar reduz a expectativa de vida entre as pessoas que recebem terapia antirretroviral para tratar a doença.

As conclusões são particularmente preocupantes porque fumar é muito comum entre pessoas com HIV. A prevalência de fumantes neste grupo nos Estados Unidos é de 40%, cerca do dobro do que no resto da população americana.

"O tabagismo e o HIV são uma combinação especialmente ruim quando se trata de câncer de pulmão", disse o médico no Hospital Geral de Massachusetts, em Boston, nos Estados Unidos, e autor principal do estudo, Dr. Krishna Reddy.

Quase 25% das pessoas que aderem bem aos medicamentos anti-HIV, mas continuam fumando, morrerão de câncer de pulmão, de acordo com o estudo. As pessoas com HIV que tomam medicamentos antivirais e fumam têm entre seis e 13 vezes mais probabilidades de morrer de câncer de pulmão do que de HIV/Aids, acrescentou.

Fonte: Bayer Notícias




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares