Os Riscos do Gengibre


O gengibre apresenta benefícios à saúde, tais como auxiliar na digestão, fortalecimento do sistema imunológico, anti-inflamatório ou lipolítico, mas há também riscos envolvidos, os quais convém que sejam de nosso conhecimento.

O consumo em excesso do chá feito com a raiz pode provocar agitação, insônia e taquicardia. Além disso, pode-se considerar também desconforto estomacal, gases e má digestão. Em pessoas saudáveis, esses são os problemas possíveis associados. O problema maior, na verdade, ocorre em indivíduos hipertensos ou gestantes.





Hipertensos devem evitar o consumo do gengibre, pois a raiz contém substâncias que aceleram o metabolismo e aumentam a vasodilatação e, por isso, ela pode agravar quadros de hipertensão arterial. Neste caso, o ideal é evitar o consumo, exceto se houver orientação médica para tal, de forma moderada e com a pressão arterial estabilizada.

É sempre importante salientar que gestantes precisam ter cuidado com chás e produtos naturais, pois estes produtos também podem causar problemas ao feto, da mesma forma como ocorre com o uso de medicamentos. 

O gengibre pode ser perigoso pelo risco de produzir efeito abortivo, principalmente nos primeiros meses da gestação, quando o feto ainda está se formando. Além disso, muitas grávidas podem apresentar elevação da pressão arterial durante a gestação, que pode ser agravada com o consumo da raiz, aumentando os riscos do parto.

Fonte: Receita Natural


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares