Inibidores da ECA e insuficiência hepática


Em raras ocasiões, os inibidores da enzima conversora de angiotensina (IECA), correspondendo a captopril, enalapril, lisinopril e ramipril, têm sido associados a uma síndrome que se inicia com icterícia colestática e progride para necrose hepática fulminante, não sendo possível descartar o risco de óbito. Os mecanismos desta síndrome não são conhecidos.

Pacientes recebendo inibidores da ECA que desenvolveram icterícia ou elevações acentuadas das enzimas hepáticas devem descontinuar imediatamente o tratamento com estes fármacos e receber acompanhamento médico apropriado.

Fonte: Anvisa




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares