Surto de Hepatite A em São Paulo


A cidade de São Paulo vive um surto de hepatite A. De janeiro até o dia 9 de setembro, a Vigilância Sanitária registrou 483 casos da doença, ante 54 no mesmo período do ano passado. O pico de casos foi em julho, mas o vírus, que ataca o fígado, ainda está circulando na cidade.

Segundo a médica epidemiologista da equipe de doenças transmitidas por alimentos da Secretaria Municipal da Saúde, Dra. Geraldine Madalosso, o aumento foi detectado a partir de abril e as causas começaram a ser apuradas. "Entre os casos investigados, 43% relataram como fonte provável a via sexual desprotegida, com sexo oral e anal", disse.

Dos pacientes que tiveram a doença neste ano, de acordo com a Dra. Geraldine, 87% são do sexo masculino e 80% têm entre 18 e 39 anos de idade. Uma característica positiva da hepatite A é que ela é considerada benigna. "Em adultos, ela se manifesta de maneira aguda, mas não crônica, como as do tipo B e C, que trazem outras complicações ao paciente", finalizou a médica.

Fonte: Bayer Notícias




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares