Sífilis - aumento de quase 30% em menos de um ano


Os casos de sífilis em adultos tiveram aumento de 27,9% de 2015 para 2016 no Brasil. Os dados são do boletim epidemiológico de 2017, divulgado nesta terça-feira (31/10) pelo Ministério da Saúde (MS). Entre as gestantes, o crescimento dos casos foi de 14,7%. As infecções por sífilis congênita (transmitida da mãe para o bebê) subiram 4,7%.

Segundo o ministro da Saúde, Ricardo Barros, as causas para o aumento da doença são o desabastecimento de penicilina (medicamento mais eficaz contra a doença) e o aumento dos diagnósticos, com a distribuição de testes rápidos na rede de saúde. "A tendência é de que, com o aumento da testagem, cresçam os casos identificados e seja possível tratar essas pessoas, diminuindo a transmissão de mãe para filho", afirmou.

Em 2016, o MS identificou uma epidemia de sífilis no País. "Hoje, temos uma situação controlada porque temos à disposição medicamentos. Os números não são o que gostaríamos, mas estamos em condições de reduzir esses índices e resolver os casos da doença", avaliou Barros.

Fonte: Bayer Notícias




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares