Combinações duplas na farmacologia da hipertensão


Inibidores do sistema renina angiotensina + diuréticos

A combinação de um inibidor da enzima conversora de angioetnsina (IECA) ou de um bloqueador de receptores de angiotensina II (BRA) com um diurético tiazídico (hidroclorotiazida, clortalidona ou indapamida) em baixas doses resulta em efeito adicional significativo na redução da PA. A associação atenua ainda a ativação reflexa do Sistema Renina-Angiotensina-Aldosterona (SRAA) pelos diuréticos e a hipocalemia em pacientes suscetíveis.

Inibidores do sistema renina angiotensina + antagonistas dos canais de cálcio

Essa combinação resulta em uma redução significativa da PA e melhora, pela ação simpaticolítica e venodilatadora dos IECA ou BRA, a tolerabilidade aos antagonistas dos canais de cálcio (ACC), atenuando a taquicardia reflexa e o edema periférico causado pela ação arteriolodilatadora predominante deste grupo.

Antagonistas de canais de cálcio + diuréticos tiazídicos

A combinação desses fármacos resulta em efeito aditivo com pequena repercussão na PA, provavelmente pela sobreposição de seus efeitos farmacológicos. Os ACC aumentam a excreção renal de sódio, embora não com a mesma potência que os diuréticos. Em longo prazo, ambos demonstraram vasodilatação sem depleção de volume.





Betabloqueadores + diuréticos tiazídicos

Embora os betabloqueadores (BB) tenham demonstrado a capacidade de reduzir desfechos clínicos em estudos placebo controlados, meta-análises (principalmente com atenolol) sugerem que os BB são menos efetivos que os diuréticos, IECA, BRA e ACC. Como os IECA e BRA, os BB atenuam a ativação do SRAA induzida pelos diuréticos resultando, portanto, em uma redução adicional da PA.

Diuréticos tiazídicos + diuréticos poupadores de potássio

A associação fixa de hidroclorotiazida ou clortalidona com a amilorida é capaz de potencializar ainda mais a redução nos níveis pressóricos preservando os níveis plasmáticos de potássio, o que é muito interessante no tratamento anti-hipertensivo em virtude das ações vasodilatadoras do potássio, além de reduzir a incidência de hipocalemia.

Antagonistas dos canais de cálcio + betabloqueadores

Os efeitos farmacológicos dessas duas classes são complementares na redução da PA. No estudo M-FACT (Metoprolol Succinate-Felodipine Antihypertension Combination Trial), a combinação de baixas doses de anlodipino e metoprolol resultou em redução da PA comparável às doses máximas de cada um isoladamente, com incidência de edema similar ao placebo.

Fonte: arquivosonline.com.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares