Hemostasia - o que é e como ocorre?


De um modo simplificado, usa-se o termo hemostasia para a interrupção fisiológica de uma hemorragia ou para os procedimentos que têm por finalidade conter sangramentos. Hemostasia é, pois, o conjunto de mecanismos que faz cessar uma hemorragia, mantendo o sangue dentro do vaso, sem coagular nem extravasar.

Esse processo depende da resistência e contratilidade dos vasos, da constituição e elasticidade dos tecidos periféricos, da atividade normal das plaquetas, de um sistema adequado de coagulação e da estabilidade do coágulo que se forma.

O processo da hemostasia é mobilizado pela lesão vascular que ocasiona a hemorragia. A primeira coisa que ocorre é uma vasoconstrição, que reduz o fluxo sanguíneo no vaso lesado. Em seguida, as plaquetas e os fatores da coagulação formam um tampão, que perdura até que o tecido vascular lesado se regenere por ação dos fibroblastos e, em seguida, o sistema fibrinolítico, pela lise do coágulo, dissolve o trombo.

A eficiência deste sistema de eventos depende de uma ação localizada, da não extensão e da rapidez do processo.

Fonte: abc.med.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares