Por que o ácido fólico é recomendado na gestação?


O ácido fólico é uma forma artificial do folato, um subtipo de vitamina B essencial na formação de novas células do organismo. É obtido por meio da ingestão de alimentos como frutas, legumes e folhas verde escuras.

Contudo, nem sempre é possível ingerir a quantidade ideal a partir da alimentação, e faz-se necessária a suplementação. Esta recomendação aplica-se, por exemplo, a mulheres que pretendem engravidar ou que estão no primeiro trimestre da gravidez, visto que a falta do ácido fólico pode interferir no desenvolvimento saudável do feto.

A deficiência de ácido fólico no organismo da gestante pode resultar no fechamento inadequado do tubo neural do feto no início da gestação. Dentre as principais complicações desse quadro estão a anencefalia (ausência parcial ou completa do cérebro), responsável por uma grande quantidade de mortes fetais e neonatais e malformações na medula espinhal, que originam a chamada espinha bífida (fechamento incompleto da coluna vertebral).

Podem ocorrer também outras complicações como a encefalocele (malformação no crânio que atinge o cérebro e as meninges). Todos esses comprometimentos podem implicar no mau desenvolvimento físico e mental do feto.

Fonte: cemedmg.wordpress.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares