Segundo o Ministro da Saúde, não há chance de epidemia de sarampo


O ministro da Saúde, Ricardo Barros, disse, após participar de reunião do Comitê Cadeia Produtiva da Saúde (ComSaude), na Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), que, apesar dos 30 casos suspeitos de sarampo em Roraima, seis em investigação e uma morte confirmada, a doença está sob controle desde 2016, e não há risco de que a doença, que já está erradicada no Brasil, volte a se espalhar.

Ele reforçou que o Ministério da Saúde (MS) determinou a vacinação de 400 mil pessoas para bloquear a possibilidade do sarampo retornar. "Há dois anos declaramos a eliminação do sarampo no Brasil e agora estamos com esses casos importados da Venezuela. A situação não é preocupante porque está sob controle e as medidas estão tomadas. Todos os casos identificados são importados da Venezuela e não há nenhum autóctone do Brasil", garante Barros.

Fonte: Bayer




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares