Significado das siglas nos medicamentos


Diversos medicamentos são comercializados com siglas que acompanham seu nome comercial e isso, não raras vezes, causa dúvidas quanto ao significado, tanto em pacientes quanto em profissionais de saúde.

Buscando proporcionar mais informação sobre o assunto, segue abaixo relação de algumas siglas acompanhadas dos nomes de medicamentos tomados como exemplos, por se enquadradarem neste caso:

CD (Controlled Diffusion): controle da liberação do princípio ativo. Exemplo: Angipress CD




CR (Controlled Release): Exemplo: Tegretol CR

CLR (Crono-Liberação Regulada): Exemplo: Biofenac CLR

HFA: (Hidrofluoroalcano): substituto do gás CFC em medicamentos na apresentação de aerossol ou spray. Exemplo: Clenil HFA

ODT (Orally Disintegrating Tablet or Orally Dissolving Tablet): Comprimido de Desintegração Oral. Exemplo: Razapina ODT

RETARD: Ação Retardada. Exemplo: Alginac Retard




SR (Sustained Release – Liberação Sustentada/Prolongada): É um tipo de liberação estendida que permite ação rápida e duradoura. Exemplo: Indapen SR

XR (eXtended Release – Liberação Estendida) ou XL: A liberação estendida tem como objetivo manter a liberação do fármaco por um período maior de tempo. Exemplo: Glifage XR

BD (Bis in Die): Bis in die é uma expressão em latim que significa duas vezes em um dia. Os medicamentos com a sigla BD, portanto, devem ser tomados 2 vezes ao dia. Exemplo: Clavulin BD

SL (Sub-Lingual): Feldene SL

Fontes: minutofarmacia.com.br e farmaceuticodigital.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares