Analgésicos opioides aumentam risco de depressão


Os fármacos opioides (ou opiáceos) podem até gerar melhora de curto prazo no humor, mas seu uso em longo prazo impõe risco de depressão aos pacientes que nunca apresentaram esta condição.

O longo prazo considerado nesta avaliação não é tão longo assim: mais de 30 dias de uso desta classe de medicamentos já pode causar a manifestação de sintomas associados à depressão.




Os resultados mostraram que esse tempo é suficiente para gerar mudanças na neuroanatomia e baixar os níveis de testosterona, entre outras possíveis explicações biológicas, para o surgimento da depressão.

"O aparecimento de uma depressão nova relacionada com os opioides está associado à maior duração do uso, mas não à dose. Pacientes e médicos devem estar cientes de que o uso de analgésicos opioides por mais de 30 dias impõe risco do surgimento de depressão," confirma o Dr. Jeffrey Scherrer, da Universidade de Saint Louis (EUA), membro da equipe que assina o estudo que chegou a estas conclusões.




Os pesquisadores acompanharam milhares de pacientes de três programas de saúde distintos para capturar diferentes perfis fisiológicos e psicológicos. Foi monitorado o total de 107.755 pacientes.

Nenhum deles havia feito uso anterior de opioides, tinham idades entre 18 e 80 anos e não eram diagnosticados com depressão quando começaram a tomar os analgésicos. Ao final do estudo, 32% dos pacientes desenvolveram depressão.

Fonte: Diário da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares