Aumento de casos de diabetes em mulheres


Apesar de não distinguir sexo e acometer homens e mulheres, levantamento recente do Ministério da Saúde (MS) apontou um dado alarmante: o número de casos de diabetes em mulheres saltou de 6,3% para 9,9%, entre 2006 e 2016, contra índices de 4,6% e 7,8% registrados entre os homens no mesmo período. Como até 80% dos pacientes com diabetes morrem em decorrência de problemas cardiovasculares, a notícia preocupa por se tratar de um sério problema de saúde pública.

"A doença de origem metabólica ainda é um pouco mais incidente nos homens, mas, no Brasil, o cenário é diferente, remetendo a um questionamento inevitável: por que as brasileiras têm dominado os diagnósticos do diabetes?", indaga o cardiologista, Dr. Rodrigo Noronha.




Existe uma série de causas para essa prevalência: a maioria está relacionada ao modo de vida de cada indivíduo. Para o Dr. Noronha, o fato de as mulheres acumularem funções e estarem sobrecarregadas interfere negativamente neste cenário.

Além de cuidar da família e das tarefas domésticas, mesmo que as coordenando à distância, a mulher concentra cada dia mais tarefas e ainda está inserida no mercado de trabalho. "Com essa agenda atribulada, o estresse é inevitável e vem acompanhado do aumento do consumo de comidas industrializadas, devido à própria correria do dia a dia, o que pode levar à obesidade. A falta de atividade física regular também piora a situação", informa Dr. Noronha.

Fonte: Bayer Farmácia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares