Há femproporex na drogaria? Não, mas no Mercado Livre há


Recentemente mostramos o anúncio de clonazepam, um benzodiazepínico classificado como substância psicotrópica pela portaria 344/98, para venda "a pronta entrega" no Mercado Livre.

Importante dizer que aquele não era o único anúncio do gênero disponibilizado no site de vendas livres. Como podemos ver agora, há também anúncio de femproporex, um emagrecedor que atualmente não está liberado pela Anvisa para venda nas drogarias, mas o Mercado Livre consegue vender e ainda mostra a marca comercial do produto (provavelmente falsificado) na imagem do anúncio.




Voltamos a reforçar o desejo que temos de que a vigilância sanitária tome providências em relação a  esse tipo de venda tanto quanto as toma relacionadas à atividade profissional dos farmacêuticos que cumprem regularmente o seu dever nas drogarias.

Cabe a nós denunciar esse tipo de venda? Para que fique claro, não cabe. Quem quiser até pode denunciar, mas que não se entenda como dever de um cidadão comum ou de qualquer profissional de saúde fazer isso. Há pessoas muito bem pagas para demonstrar a sua autoridade nas drogarias, então a autoridade dessas mesmas pessoas deve valer para isso também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares