Mercado Livre vende medicamentos controlados a "pronta entrega"



O Brasil parece ser, de fato, aquele país que fica difícil de ser levado a sério. Aqui é o lugar onde tudo o que é lícito é penoso e difícil, mas o que é ilícito sempre dá um jeito de ganhar passagem e pegar atalhos, com o bom e velho jeitinho brasileiro.




Como podemos ver na imagem, há anúncio no site de vendas Mercado Livre comercializando o medicamento clonazepam, um benzodiazepínico que é classificado como substância psicotrópica, inserido na lista B1 da portaria 344/98, a qual apresenta o regulamento técnico sobre substâncias e
medicamentos sujeitos a controle especial.

O farmacêutico é aquele profissional que superou todos os anos de faculdade para conquistar honestamente uma profissão. No exercício de seu ofício, mesmo fazendo tudo certo, está sempre sujeito a ser pressionado por fiscais de vigilância que de algum modo desejam demonstrar poder sobre aquele que é o responsável técnico pela dispensação de medicamentos em uma drogaria.




Esperamos, então, que esta fiscalização que (não raras vezes) gosta de ser temida por quem está apenas cumprindo seu dever na drogaria, apresente a mesma eficácia para vigiar este tipo de venda realizada totalmente fora do que é preconizado. O anunciante ainda permite escolher comprimido ou solução oral e, conforme vemos, já há duas unidades vendidas.

3 comentários:

  1. Estou lendo seu blog, e realmente o mercado livre está lotado de medicamentos controlados e até proibidos. Não adianta denunciar, pois, a meu ver, o site protege esse vendedores, porque o anúncio sempre está ativo e com vendas. Ontem, me deparei com venda de citotec, denunciei e nada. Todo dia, basta colocar nas pesquisas do ML e encontrará: Anfepramona, femproporex, Diazepam, ritalina, rivotril e outros ... sibutramina tem para mais de 200 anúncios. Não consigo acreditar, que o site não sabe, Anvisa, Ministério Público e outros órgãos.

    ResponderExcluir
  2. Primeiro, parabéns pela sua atitude em fazer esse relato. Após, a denúncia que passou na TV, retiram o clonazepam, fluoxetina e Diazepam dos anúnciando no mercado livre. Porém, estão anuncios de sertralina, bupropiona, topiramato, paroxetina, com foto de clonazepam, fluoxetina e outros. É inacreditável que o site não sabe que os vendedores estão praticando esse crime. Além desses, tem os anabolizantes, as sibutraminas que estão ali como sibu, e nada é feito. Cadê o Ministério Público ? Fica essa minha pergunta, porque não consigo acreditar que eles precisam de mais provas para uma atitude seja tomada.

    ResponderExcluir
  3. Excelente, seu blog. Temos que nos unir , fazendo muitas denuncias, cobrando do Ministério Público, uma ação contra a venda ilegal de remédios controlados no site mercado livre. As vendas estão ali constantemente e não vejo um basta nesse crime. Tenho, observado muitas vendas de Alprazolam, Zolpidem e todo dia contas são criadas, em menos de 1 hora vendas concluídas via etiqueta do mercado livre, não acredito que os responsáveis pelo site não sabem. As pessoas perguntando se tem clonazepam, rivotril, Sertralina, fluoxetina e outros; imediatamente o criminoso faz um anúncio para o cliente. O crime acontece "os olhos" do site e nada é feito. Vamos, mandar denúncia ao Ministério Público de Brasília, até isso acabar.

    ResponderExcluir

Os artigos mais populares