O que é Hiperinsulinemia? Quais as causas e consequências?


O termo hiperinsulinemia se refere à elevação da insulina na corrente sanguínea. A elevação da insulina no plasma geralmente é conseqüência da resistência crônica à ação da insulina.




É uma situação em que o nosso organismo fica menos “sensível” ao estímulo/ação da insulina. Em outras palavras, a insulina produzida não consegue agir de forma adequada. Neste caso, o pâncreas “entende” que deve sintetizar e liberar o hormônio em concentrações mais altas, resultando em hiperinsulinemia.

 A origem pode ser genética ou adquirida. No segundo caso, a obesidade, o sobrepeso e o sedentarismo são as principais causas de resistência à insulina e hiperinsulinemia. Outras doenças também vinculadas ao aumento da resistência insulínica são: síndrome dos ovários policísticos, infecções pelo HIV e hepatite C.




Já existem vários estudos que comprovam que a resistência à insulina e hiperinsulinemia compensatória estão relacionadas a muitos distúrbios à saúde, os quais incluem lesões na parede de vasos sanguíneos, hipertensão arterial, aumento do colesterol sérico, “pré-diabetes” e o próprio diabetes, síndrome metabólica e doenças ateroscleróticas.

Fonte: sbemrj.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares