Sepse no Brasil mata mais do que infarto e câncer de mama


Desconhecida por 93% da população brasileira, de acordo com dados do Datalha para o Instituto Latino Americano de Sepse (ILAS), e erroneamente conhecida como infecção generalizada ou falência múltipla dos órgãos, a sepse é uma síndrome que pode ser definida como resposta grave do organismo a uma infecção.




O objetivo do ILAS em relação à pesquisa é traçar ações para a conscientização da população sobre um dos mais graves problemas do Brasil e do mundo: a sepse.

Em contrapartida, 98% de todos os entrevistados sabiam o que era infarto do miocárdio e 88% souberam responder quais eram os sintomas. “Infelizmente nosso país tem uma das maiores mortalidades de sepse do mundo.




Alguns estudos epidemiológicos mostraram que a mortalidade brasileira por sepse é maior do que a de países economicamente semelhantes, como a Índia e a Argentina”, lamentou o médico intensivista Dr. Luciano Azevedo, membro da diretoria do ILAS.

“A sepse é um importante problema de saúde pública no mundo, com estimativa de 400 mil casos/ano no Brasil, que acarretam cerca de 200 mil óbitos e elevados custos financeiros para o país”, disse o médico infectologista Dr. Reinaldo Salomão, presidente do ILAS.

Fonte: administradores.com.br

15 comentários:

  1. A pergunta que me resta é:
    - o sistema de saúde no Brasil funciona a ponto de estimular uma pessoa com dor de garganta ou uma infecção de urina procurar um hospital para o medico receitar um antibiótico?
    2 - Se o sistema de SAUDE é uma "merda", se faltam médicos, se as filas de atendimento demoram 4, 6, 12 horas para alguém ser atendido em caráter de apenas consulta, se os hospitais só priorizam emergências... por que os antibióticos são controlados?
    3 - Impedir o acesso a antibióticos com um sistema de saúde sucateado e falho não piorou os índices de sepse?

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Isto e feito para exterminar o povo Porque ? Ficam amontoados juntos com vários tipos de doentes tb

      Excluir
  3. Não acredito que a liberação de antibióticos reduziria os casos. Temos que considerar que a administração de antibióticos pode gerar resistência bacteriana. Sobre o SUS, complemento ainda a associação que fazemos sobre os casos de baixa complexidade que insistem em buscar os Hospitais Gerais, quando poderiam utilizar de recursos de baixa e média complexidade. Precisamos educar a população sobre o SUS... A informação, certamente, reduziria a fila, como citado acima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem escreveu isso não depende do SUS pois saberia que é extremamente difícil ser atendido, e quando atendido com qualidade, na atenção básica. Entra prefeito, sai prefeito, e a atenção básica continua péssima.

      Excluir
    2. Sim , mas eles São tratados grande e podermos hospitais sem espera eles nem sabem do sus .

      Excluir
  4. A maior parte da procura do SUS são atrás dos atestados médicos visto finais de semana Upas vazias porém segunda feira boa sorte a todos...

    ResponderExcluir
  5. na minha opinião. eu acho que deveria liberar os antibióticos.

    ResponderExcluir
  6. O sistema único de saúde (SUS) No meu ponto de vista é o único que dá assistência à saúde para todos. Ele é completo infelizmente a falta de assistências a saúde para a população depende exclusivamente dos governos federais,estaduais e municipais.portando não culpam os o SUS por não ter atendimento adequado,infelizmente somos culpados por colocamos políticos
    Para nos representar e não cobramos o nosso direito;como cidadãos civis. Toda a minha família usamos do SUS e agradeço até agora por esse sistema existir. Vamos cobrar mais é nosso dever é atraveis dosnossos impostos que ele funciona. Até porque governo nem um dá nada de graça para ninguém.

    ResponderExcluir
  7. Como não , eles roubam , e depois não tem dinheiro para ajudar a população não vamos mas votar vamos mostrar para eles quem manda

    ResponderExcluir
  8. Não generalizando, porq sei q o Sus em algumas cidades do país funcionam muito bem. ;creio também q a ignorância em alguns aspectos das pessoas; deixam chegar ao limite alguns sintomas,chegando o organismo a um ponto q nao ha mais condição de recuperação.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Sus é abatedouro de gente! Nunca tem recurso para nada! E quando a pessoa tem uma doença grave a qual não pediu pra ter essa pessoa se ferra quando é internada e contrai essa sepse! Ai a pessoa morre e os covardes vão colocar outra coisa no atestado de obito! País lixo de politicos lixos que não usam o SUS

    ResponderExcluir
  11. Hospital Ronaldo Gazolla matou minha mãe com a sepse e tantas outras negligência,não humanizado com um corpo fraco de médicos e procedimentos q levam uma eternidade para serem administrados.Sus ainda não dá suporte efetivo a população.

    ResponderExcluir

Os artigos mais populares