Transtorno Bipolar pode estar ligado à vitamina D


O transtorno bipolar é um problema de esfera psiquiátrica que, em alguns casos, é difícil de ser diagnosticado. Agora, uma nova pesquisa encontrou correlação com uma proteína ligada à vitamina D, que poderia de alguma forma ajudar a identificar precocemente este distúrbio e, assim, intervir prontamente para o tratamento em crianças e adolescentes.




Pesquisadores do Harding Hospital, do Wexner Medical Center em Ohio, fizeram uma amostragem de 36 adolescentes (13 eram saudáveis, 12 diagnosticados com transtorno bipolar e 11 com depressão grave).

A proposta foi a de examinar fatores que poderiam estar envolvidos em distúrbios de humor no nível celular e marcadores encontrados no sangue. O resultado foi a relação significativa entre o transtorno bipolar e a presença excessiva de uma proteína que está ligada à vitamina D.




Analisando o sangue de todos os participantes, verificou-se que somente os adolescentes que sofriam de transtorno bipolar apresentavam valores superiores a 36% dessa substância. Atualmente, como afirma Ouliana Ziouzenkova, principal autora do estudo, leva-se em média 10 anos entre o aparecimento dos primeiros sintomas da doença e um verdadeiro diagnóstico.

A principal vantagem de ter disponíveis marcadores sanguíneos que poderiam dar uma indicação útil nesta patologia seria, sem dúvida, a possibilidade de dar início imediato às terapias apropriadas. Ziouzenkova agora deseja reproduzir o estudo em adultos.

Fonte: greenme.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares