Benefícios da lavagem nasal para quem sofre de rinite alérgica


Adotar soluções salinas (cloreto de sódio a 0,9%) para higienizar o nariz faz toda a diferença para quem sofre de rinite alérgica, inflamação da mucosa nasal desencadeada por elementos como ácaro e que chega a abalar a produtividade do dia a dia, quando se torna recorrente.

Segundo João Ferreira de Mello Júnior, professor de otorrinolaringologia da Universidade de São Paulo (USP), é comum que a congestão nasal e outros sintomas atrapalhem até o sono. "Sem dormir direito, a pessoa não consegue se concentrar na escola ou no trabalho", observa.




Uma revisão de trabalhos científicos realizada por médicos do Hospital Municipal de Karlsruhe e da Universidade de Colônia, na Alemanha, constatou que a limpeza da cavidade nasal minimiza as manifestações da rinite, aumenta a qualidade de vida e permite diminuir em cerca de 60% a necessidade de remédios mais fortes.

"Ela melhora os mecanismos de defesa do nariz, hidrata a mucosa e torna mais fluida a secreção produzida em excesso em resposta aos agentes alérgenos", explica Talita Poli Biason, gerente médica da unidade de medicamentos isentos de prescrição de um laboratório.




Para alcançar estes benefícios, entretanto, recomenda-se recorrer ao procedimento pelo menos duas vezes diárias, mesmo na ausência de sintomas. Afinal, a lavagem é um método preventivo.

Para o caso de uma crise se instalar, as aplicações diárias podem aumentar. Isso irá otimizar a recuperação e não causará danos à saúde.

Fonte: Revista Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares