Carvedilol contra o câncer de pele


O carvedilol é um fármaco com propriedades beta-bloqueadoras não seletivas, alfa-bloqueadora e antioxidante, aprovado como anti-hipertensivo em 2003. Recentemente, contudo, foram descobertas propriedades que sugerem uma nova aplicação.

Pesquisadores da Faculdade de Farmácia da Western University of Health Sciences, da Califórnia, descobriram que o fármaco parece prevenir o dano celular induzido pelo sol, responsável pelo surgimento do câncer de pele.

A descoberta, descrita durante a reunião anual da American Society for Pharmacology and Experimental Therapeutics, aconteceu por acaso. Um estudante estava investigando se o carvedilol poderia causar câncer, porém constatou o efeito oposto ao observar que o fármaco parecia oferecer proteção contra o câncer de pele.




Os pesquisadores, então, começaram a testar o fármaco em cultura de células e, posteriormente, em ratos, focando nos seus efeitos contra os raios ultravioleta B (UVB), que danificam a camada mais superficial da pele (epiderme) e provocam a doença.

De acordo com os resultados obtidos, descobriram que o carvedilol protege a pele contra o dano ao DNA das suas células provocado pelos raios UVB.

Fonte: dermatologia.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares