Cientistas estudam forma de usar glicocorticoide sem os efeitos colaterais conhecidos


Cientistas da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, afirmam haver descoberto uma forma de usar glicocorticoides em um tipo de medicamento inteligente que atinge apenas as células relevantes, evitando efeitos colaterais.

Os dados são baseados em estudos com animais, porém se este princípio puder ser traduzido aos seres humanos, a descoberta irá melhorar significativamente os tratamentos realizados hoje com esta classe terapêutica. Esta é a principal perspectiva oferecida pela pesquisa publicada na revista Molecular Therapy.




A nova técnica corresponde ao acoplamento do glicocorticoide a um anticorpo que se liga especificamente a um receptor expresso exclusivamente na superfície dos macrófagos. Nas células, o esteroide ativo é liberado e pode executar seu trabalho, que é essencialmente a regulação de um gene.

Deste modo, o fármaco funciona apenas nas células relevantes, e pode-se aplicar uma dose muito menor para a obtenção da eficácia pretendida.

Fonte: Diário da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares