Como a amoxicilina pode causar infecções fúngicas? Como preveni-las durante o tratamento?


Apesar da utilidade da amoxicilina no combate às infecções bacterianas, o fármaco também elimina bactérias úteis que são responsáveis por evitar a proliferação indesejada de outros microrganismos.

A Candida albicans é um fungo naturalmente presente na pele e em mucosas e se trata justamente de um microrganismo capaz de se multiplicar durante o tratamento com amoxicilina, especialmente se o uso do antibiótico for prolongado. Logo, a terapia antibacteriana pode desencadear uma infecção fúngica; neste caso, a cadidíase.




O que fazer para prevenir uma infecção fúngica oportunista durante o tratamento com amoxicilina? Algumas medidas simpels podem aser adotadas. Vamos a elas:

- Manter a área genital limpa e seca, pois os fungos preferem a umidade;
- Evite roupas íntimas apertadas, pois isso aumentará o calor na região. Este é outro fator que favorece o crescimento fúngico;
- Dar preferência a alimentos alcalinizantes, tais como frutas e vegetais. Procurar evitar refrigerantes e doces, por exemplo,
- Fazer o uso de probióticos, pois eles irão auxiliar a recompor as colônias bacterianas úteis ao organismo, as quais são eliminadas juntamente com os patógenos pelo uso do antibacteriano.

Fonte: yeastinfection.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares