Diclofenaco apresenta atividade contra Mycobacterium tuberculosis


O diclofenaco, um agente anti-inflamatório não esteroide (AINE), mostrou ação inibitória marcante contra isolados clínicos de Mycobacterium tuberculosis sensíveis e resistentes a outros fármacos.

O fármaco foi testado in vitro contra 45 cepas diferentes de micobactérias, sendo que a maioria foi inibida na concentração de 10-25 µg/ml. Quando testado in vivo, o diclofenaco injetado em ratos albinos da linhagem Swiss, na proporção de 10 µg/g de peso corporal, provocou proteção significativa dos animais desafiados com metade da dose letal de M. tuberculosis.




De acordo com o teste, os dados in vivo foram altamente significativos. O diclofenaco posteriormente foi testado quanto ao sinergismo com o antimicobacteriano convencional estreptomicina, frente a M. smegmatis.

Quando comparado aos seus efeitos individuais, o sinergismo foi estatisticamente significativo. Através da análise checkerboard, o índice fracional de concentração inibitória para essa combinação confirmou o sinergismo.

Fonte: Scielo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares