Imunoglobulina G


A imunoglobulina G, ou IgG, é um anticorpo pertencente à categoria das gamaglobulinas. Presentes essencialmente no soro e no líquido intersticial, as imunoglobulinas G representam perto de 80% dos anticorpos que circulam no corpo humano.

Fornece proteção contra vírus, bactérias e toxinas e é a única imunoglobulina que atravessa a placenta. A IgG é particularmente importante na resposta secundária do sistema imunológico. Quando o sistema imunológico é exposto a um antígeno pela primeira vez, inicia-se a resposta primária com elevação de IgM e, logo em seguida, de IgG.

A IgG retém a memória do antígeno, de forma que nas próximas vezes em que o sistema imunológico tomar contato com este antígeno, a resposta será imediata.




Valores aumentados nos seguintes casos: Mieloma; Doenças infecciosas; Doença hepática; Linfomas; Esclerose múltipla; Neurosífilis; Doença parasitária; Febre reumática; Artrite reumatóide; Sarcoidose; Síndrome de Sjögren; Desnutrição grave; Lúpus eritematoso sistêmico; Uso de medicamentos: carbamazepina, clorpromazina, fenitoína, ácido valpróico e outros.

Valores diminuídos nos seguintes casos: Agamaglobulinemia; AIDS; Infecções bacterianas; Deficiência imunológica humoral; Leucemia; Aplasia linfoide; Pré-eclampsia.

Fonte: medicamentosesaude.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares