O uso de ranitidina é seguro durante a gravidez?


Um novo estudo da University of Edinburgh sugere haver relação entre as prescriçções de ranitidina na gestação e desenvolvimento de asma nos bebês. Mais pesquisas precisarão ser conduzidas para confirmar a suspeita, assim como as mulheres precisam ser advertidas a consultarem seus médicos ants de utilizar o medicamento.

A ranitidina, frequentemente usada no tratamento de úlceras e gastrite, é também recomendada pelos prescritores nos casos de azia ou indigestão na gravidez.

A boa notícia é que há um número razoável de pesquisas anteriores apontando exatamente a segurança do fármaco durante a gravidez, sem aumento de risco de prejuízos ao bebê.




O fármaco é aprovado para uso nesta condição nos EUA pelo FDA (Food and Drug Administration) e também no Reino Unido pela MHRA (Medicines and Healthcare products Regulatory Agency).

Apesar de a MHRA alertar para o fato de a ranitida atravessar a placenta, enfatiza também que doses terapêuticas não foram apontadas como prejudiciais ao desenvolvimento do feto. De qualquer maneira, antes de recorrer à medicação é importante aproveitar dicas de saúde disponíveis que auxiliem a prevenir o surgimento dos sintomas.

Fonte: madeformums.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares