Taxa de mortes com cloroquina equivale à de quem não usa, diz estudo


Os resultados preliminares de um estudo feito com a cloroquina pela Fiocruz e pela Fundação de Medicina Tropical mostraram que a letalidade no grupo de pacientes com covid-19 testado, em estado grave, foi de 13%. De 81 doentes internados que tomaram o medicamento, 11 morreram.

A taxa de mortalidade verificada em pacientes em iguais condições que não usaram a droga é de 18%, segundo estudos internacionais, inclusive da China.

A proximidade do dois índices não permite afirmar, por enquanto, que a cloroquina possa fzer diferença fundamental no tratamento dos doentes infectados pelo coronavírus. "Os otimistas podem achar que a taxa com o uso de cloroquina é menor e os pessimistas podem achar que é igual. Estatisticamente é igual, na margem de confiança", diz o infectologista Marcus Lacerda, da Fiocruz, que participa do estudo.

A pesquisa deve seguir, portanto, até que os dados sejam conclusivos. "Tudo pode, mas não podemos achar nada", diz ele, reafirmando que é preciso esperar pelas conclusões científicas e seguras do estudo.

Fonte: folha.uol.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares