Clonazepam - o que é, indicações e contraindicações

 
O que é clonazepam?

O clonazepam é um fármaco classificado como benzodiazepínico, possueindo como principais propriedades a inibição leve de funções variadas do sistema nervoso. Deste modo, produz ação anticonvulsivante, sedação, relaxamento muscular e efeito ansiolítico.

Indicações:

Distúrbio Epiléptico: indicado como tratamento de terceira linha isoladamente ou como adjuvante no tratamento das crises epilépticas mioclônicas, acinéticas, ausências típicas (pequeno mal), ausências atípicas (síndrome de Lennox-Gastaut). Em crises epilépticas clônicas (grande mal), parciais simples, parciais complexas e tônico-clônico generalizadas secundárias.

Além disso, também se faz o emprego do fármaco em síndromes psicóticas, tratamento da acatisia, transtornos de ansiedade, como ansiolítico em geral, distúrbio do pânico com ou sem agorafobia, fobia social, tratamento da síndrome das pernas inquietas, transtornos do humor, transtorno afetivo bipolar, mania, depressão maior como coadjuvante de antidepressivos, vertigem e sintomas relacionados à perturbação do equilíbrio.

Contraindicações:

O fármaco não deve ser utilizado em pacientes com história de sensibilidade aos benzodiazepínicos, assim como naqueles com evidência significativa clínica ou bioquímica de doenças hepáticas. Pode ser usado em pacientes com glaucoma de ângulo aberto quando estiverem sob terapia apropriada, porém é contraindicado nos casos em que houver glaucoma agudo de ângulo fechado.


Canal do Youtube: Falando de Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os artigos mais populares