Sobre dificuldade para encontrar Diazepam


Não têm sido muito fácil aos pacientes com prescrição de diazepam, nas apresentações de 5mg ou 10mg, conseguirem acesso ao tratamento. O medicamento está em falta em unidades dispensadoras do SUS e também em diversas drogarias.

Diante deste cenário, caso profissionais e pacientes consultem este texto visando obter alguma orientação, temos o seguinte: a Roche, indústria farmacêutica que produz o medicamento de referência (Valium®) informa que houve questões envolvendo o gerenciamento de estoque, ocasionando algumas faltas do produto no mercado, com a situação a ser regularizada já no final deste mês (Novembro de 2018).

Temos ainda informações da Hypera, grupo farmacêutico que disponibiliza no mercado os genéricos de diazepam em 5mg e 10mg pela marca Neo Química. Segundo a Hypera, ocorreu falta de matéria prima, impactando diretamente na produção, sendo a regularização, neste caso, prevista para o final de Dezembro de 2018.

Estas informações podem ser úteis para que pacientes com dificuldade de acesso ao tratamento conversem com o prescritor, verificando a possibilidade de uma alternativa. Do mesmo modo, profissionais que atuam na dispensação de medicamentos e constataram o problema, poderão prestar orientações.


Desabastecimento de Lorax®


Em conformidade com a RDC nº18 de 04 de Abril de 2014, estabelecida pela Anvisa, o grupo Wyeth/Pfizer informou que, em 11 e 16 de outubro de 2018, atualizou o comunicado feito ao órgão citado informando que o medicamento Lorax® (lorazepam), nas apresentações de 1mg e 2mg, passará por desabastecimento temporário.

O motivo da decisão consiste em mudanças no processo de fabricação por parte do fornecedor do princípio ativo, correspondendo a alterações que precisam de validação. A previsão de normalização é dezembro de 2019.

Fonte: pfizer.com.br/noticias


Descontinuação Temporária de Sifrol® ER


A Boehringer Ingelheim do Brasil comunica a descontinuação temporária de importação do medicamento Sifrol® ER (pramipexol) nas concentrações 0,375 mg, 0,75 mg e 1,5 mg, indicado para tratamento dos sinais e sintomas da doença de Parkinson sem causa conhecida.

A companhia esclarece que, uma vez que os estoques estão atualmente intermitentes, decidiu comunicar a descontinuação temporária, já que podem ocorrer faltas pontuais do produto no mercado brasileiro. Por enquanto não há previsão informada para normalização.

Fonte: boehringer-ingelheim.com.br


Descontinuação Temporária de Trayenta Duo®


A Boehringer Ingelheim do Brasil comunica a descontinuação temporária de importação do medicamento Trayenta Duo® 2,5 mg/500 mg, indicado como adjuvante da dieta e do exercício, para melhorar o controle glicêmico em pacientes com diabetes mellitus tipo 2.

As demais apresentações, aparentemente, não sofrerão desabastecimento. Até o momento não há informação de normalização de mercado para a apresentação de 2,5mg/500mg.

Fonte: boehringer-ingelheim.com.br


Comunicado Trofodermin®


Em conformidade com a RDC nº18 de 04 de abril de 2014, estabelecida pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o grupo Wyeth/Pfizer informa, a quem possa interessar, que o medicamento Trofodermin® (acetato de clostebol e sulfato de neomicina) - apresentações creme dermatológico e ginecológico - será descontinuado temporariamente devido à mudança da unidade fabril responsável por sua produção. A previsão para a normalização do abastecimento foi atualizada para agosto de 2019.

Fonte: pfizer.com.br




Descontinuação temporária de Atensina® 0,200 mg


A Boehringer Ingelheim do Brasil disponibilizou comunicado em seu site no final do mês passado (agosto/18) informando a descontinuação temporária do medicamento Atensina® comprimidos, na concentração de 0,200 mg.

A decisão consiste em investigações de resultados fora de especificação durante análises de liberação dos lotes, constatatando-se a necessidade de desenvolvimento de uma nova metodologia analítica. A empresa salienta que os prazos para o término da validação para esta nova metodologia são extensos e haverá desabastecimento dessa concentração no mercado. A previsão de normalização é somente para setembro de 2019.

As apresentações para o mesmo medicamento nas concentrações de 0,100mg e 0,150mg serão disponibilizadas normalmente durante o referido período.

Fonte: boehringer-ingelheim.com.br


Portaria 82/2015 - Da Validade da Receita


Art. 8º. As receitas terão validade de 30 (trinta) dias, contados a partir da data de sua emissão.

§ 1º As receitas de medicamentos para o tratamento de condições crônicas que expressem o termo “uso contínuo” terão validade de 180 (cento e oitenta) dias de tratamento, contados a partir da data de sua emissão.

§ 2º As receitas de medicamentos para o tratamento de condições crônicas prescritas em quantidade igual ou superior a 30 (trinta) dias de tratamento, que expressem ou não o termo “uso contínuo”, serão consideradas válidas pelo período correspondente à quantidade expressa, respeitando-se o máximo de 180 (cento e oitenta) dias de tratamento a partir da data de sua emissão, ou 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias a partir da data de sua emissão no caso de medicamentos anti-hipertensivos.

§ 3º A validade da receita de medicamentos sujeitos a controle especial deverá atender obrigatoriamente à legislação específica.

§ 4º A validade da receita de medicamentos antimicrobianos deverá atender obrigatoriamente à legislação específica.

§ 5º A validade da receita de contraceptivos hormonais será de 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias de tratamento, a partir da data de sua emissão, desde que expressa a condição “uso contínuo”. Caso contrário deverá se respeitar a duração do tratamento expressa pelo prescritor não ultrapassando 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias.




Desabastecimento de Geodon®


O grupo Wyeth/Pfizer disponibilizou comunicado informando que, em 05 de julho de 2018, notificou à Anvisa a possibilidade de o medicamento Geodon® (ziprasidona) na apresentação de 40 mg passar por desabastecimento temporário.

O motivo consiste em atraso nos processos de produção e importação do produto. Caso o desabastecimento se confirme, a previsão de normalização é para o mês de agosto.

Fonte: pfizer.com.br


Os artigos mais populares